Morus - Utopia e Renascimento

A revista MORUS - Utopia e Renascimento foi fundada em 2004 por Carlos Berriel, seu editor, professor de Literatura da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e por seu grupo de estudos sobre Renascimento e Utopia (CNPq). Ela é coeditada por Ana Cláudia Romano Ribeiro (UNIFESP) e Helvio Moraes (UNEMAT). A revista congrega estudiosos oriundos de universidades nacionais e internacionais e com muitos deles organiza congressos, resultantes de parcerias acadêmicas. Interessam à revista estudos sobre o problema da utopia (em quaisquer épocas históricas) e sobre temas relativos ao vasto período que a historiografia do século XIX denominou Renascimento. A revista MORUS também publica traduções de estudos, bem como de textos literários. Plurillíngue, a revista publica em português, francês, italiano, inglês e espanhol. Cada número traz um dossiê temático, além de artigos avulsos.

  


v. 12 (2017): Revolução e Utopia: conceitos em confronto

A Morus 12 contém, além de artigos avulsos, os anais do V Congresso Internacional de Estudos Utópicos "Revolução e Utopia: conceitos em confronto - 500 anos da publicação da Utopia; 100 anos da Revolução Russa", organizado por Carlos Berriel, Helvio Moraes, Ana Cláudia Romano Ribeiro, Gianluca Bonaiuti, Silvia Rodeschini, numa parceria entre a revista Morus - Utopia e Renascimento e a Università degli Studi di Firenze, realizado nos dias 12 a 14 de junho de 2017, no Instituto de Estudos da Linguagem - IEL/UNICAMP, Campinas.

Participam dos anais: Gregory Claeys, Carlos Illades, Carlos Berriel, Philippe Oliveira de Almeida, Renata Altenfelder Garcia Gallo, Juliana Zanetti, Evanir Pavloski, Jonathan Molinari, Alexander Rezende Luz, Júlia Ciasca Brandão, Helvio Moraes, Bruna Caixeta e Daniela Spinelli.  

Artigos avulsos de Mariano Martín Rodriguez, Luísa Bérgami Fernandes, Silvia Amancio de Oliveira e Ana Cláudia Romano Ribeiro. 

Este número foi organizado por Carlos Berriel, Helvio Moraes e Ana Cláudia Romano Ribeiro. 

Sumário

Páginas iniciais: ficha técnica, índice, apresentação e programa do congresso

Páginas iniciais PDF
Os editores 1-12

Dossiê

Utopia, Marx, Revolução PDF
Gregory Claeys 13-30
La revolución como utopía PDF
Carlos Illades 31-46
Marx: a utopia como ética da revolução PDF
Carlos Berriel 47-56
Da insularidade da utopia à insularidade do Estado: o monopólio da violência no Antigo Regime e na Revolução Francesa PDF
Philippe Oliveira de Almeida 57-80
Arte, Utopia e Revolução PDF
Renata Altenfelder Garcia Gallo 81-96
Utopias literárias x utopias socialistas: será o trabalho um traço comum? PDF
Juliana Zanetti de Paiva 97-114
Da revolução ao totalitarismo: a herança de Nós, de Eugene Zamiatin, para as distopias do século XX PDF
Evanir Pavloski 115-136
Concordia discors: a utopia da pax philosophica em Pico della Mirandola PDF
Jonathan Molinari 137-146
A alter-filosofia de Thomas More: Onde a imaginação utópica encontra a experiência histórica PDF
Alexander Rezende Luz 147-158
O mundo às avessas de Grimmelshausen PDF
Júlia Ciasca Brandão 159-182
Uma utopia digger: Um Programa para a Lei da Liberdade, de Gerrard Winstanley (1652) PDF
Helvio Moraes 183-196
A Voyage into Tartary (Londres, 1689):prelúdio da Revolução Gloriosa de 1688 PDF
Bruna Pereira Caixeta 197-206
William Morris e sua crítica moral do sistema produtivo capitalista PDF
Daniela Spinelli 207-228

Textos avulsos

Cartas desde otros mundos: un panorama de los epistolarios utópicos modernos en las literaturas latinoeuropeas PDF
Mariano Martín Rodriguez 229-260
O papel das mulheres na utopia: Herland, de Charlotte Perkins Gilman, e El país de las mujeres, de Gioconda Belli PDF
Luísa Bérgami Fernandes, Silvia Amancio de Oliveira, Ana Cláudia Romano Ribeiro 261-278