A organização narrativa da imagem e da contra-imagem. Da poética das utopias literárias

Wilhelm Vosskamp

Resumo


Utopias literárias são um meio de comunicação escrita de uma forma específica de comunicação cultural. Sem refletir sobre seu caráter mediático e sua comunicabilidade mediática, não é possível escrever uma poética e uma história das utopias literárias adequadas. Em um encontro organizado dentro do projeto de pesquisa “A função das utopias literárias”, no Centro de Pesquisas Interdisciplinares da Universidade de Bielefild, perguntaram a Niklas Luhmann o que lhe interessava mais na história das utopias, e ele respondeu: o papel dos livros impressos. Sem a mediação do livro, não teria havido a distribuição das utopias “clássicas” do período do Renascimento (como modelos de utopias), sem a mediação do filme, não haveria o boom da ficção científica, e sem a internet, também não haveria nenhuma utopia da aldeia global do cyber espaço. As relações entre utopia e o meio escrito (e o pictórico) têm sido investigadas rudimentarmente; é suficientemente significativo o fato de que as próprias mídias foram e ainda são locações da projeção utópica (ou apocalíptica).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.