Il viaggio di Bougainville, le rifiessioni di Diderot e l'utopia della felicità secondo natura

Claudio De Boni

Resumo


Em "Il viaggio di Bougainville, le rifiessioni di Diderot e l'utopia della felicità secondo natura", Claudio De Boni analisa a relação entre a expansão do mundo real e sua conseqüência, a "descoberta" literária de lugares inexistentes nos quais são projetados os desejos de aperfeiçoamento social no âmbito do século das Luzes, quando a descoberta de novas terras à margem da civilização alimenta o mito da "ilha feliz", estreitamente ligado ao motivo iluminista do estado de natureza como termo de confronto e de juízo. De Boni analisará dois autores que se inserem nesta rede de relações: Louis-Antoine de Bougainville, autor do relato de viagem de uma das mais longas e celebradas viagens reais do século dezoito, e o filósofo Denis Diderot, autor do Supplément au voyage de Bougainville, de 1772. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.