Filosofi, utopisti, selvaggi

Maria Moneti Codignola

Resumo


O objeto do artigo de Maria Moneti Codignola, "Filosofi, utopisti, selvaggi", é a mudança de paradigma - de estrutura lógico-epistemológica, de significado e de intenções — que intervém na utopia da era moderna, em relação à utopia clássica e, mais especificamente, platônica, devido ao efeito da revolução filosófica e espiritual produzida pelo encontro da cultura européia com as estruturas lógicas e episternológicas das chamadas "sociedades selvagens" do novo mundo. A autora leva em consideração as utopias em sentido estrito, mas também pensadores como Mannheim e Bloch, procurando entender como a utopia redefiniu seu próprio status ao longo das principais revoluções filosóficas da era moderna.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.