Leonardo Bruni e a tradução no humanismo italiano

Renato Ambrosio

Resumo


Apresenta-se uma tradução de De Interpretatione Recta (“Sobre a correta tradução”), introduzida pela discussão das concepções de Bruni a respeito da boa e má tradução, do bom e do mau tradutor.

            


Texto completo:

PDF

Referências


AMBROSIO, Renato. Política e Retórica no Humanismo Florentino Entre os Séculos XIV e XV: em torno do Humanismo Cívico. Tese apresentada ao programa de Pós-Graduação em História Social do Departamento de História da Faculdade de Filosofa, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, para a obtenção do título de Doutor em História Social. São Paulo, 2014

BARON, Hans. The Crisis of the Early Italian Renaissance. Civic Humanism and Republicam Liberty in an Age of Classicism and Tyranny. Princeton, New Jersey: Princeton University Presse, 1966.

COLUCCIO SALUTATI. Invectiva in Antonium Luschum Vicentininum. In: Eugenio Garin. Prosatori latini del Quattrocento. Milão-Nápoles: Riccardo Ricciardi Editore, 1952.

GARIN, Eugenio. Prosatori latini del Quattrocento. Milão-Nápoles: Riccardo Ricciardi Editore, 1952.

GARIN, Eugenio. Ciência e vida civil no Renascimento. São Paulo: Ed. da UNESP, 1996.

LEONARDO BRUNI ARETINO. Humanistisch-Philosophische Schriften. Mit einer chronologie seiner werke und Briefe. Herausgegeben und erläutert von Dr. Hans Baron. Teubner: Leipzig-Berlin, 1928.

LEONARDO BRUNI ARETINO. Opere Letterarie e Politiche. In Paolo Viti [org.]. Turim: UTET, 1996.

SEIGEL, Jerrold E. “‘Civic Humanism’ or Ciceronian Rhetoric? The Culture of Petrarch and Bruni”, in Past & Present, n.º 34 (jul., 1966), p. 3-48.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.