A experiência de Ulisses: nota sobre um tema utópico perdido

Jacyntho Lins Brandão

Resumo


Este trabalho examina a presença, em narrativas de viagem inaugurais, especificamente na chamada Epopeia de Gilgamesh (ša naqba imuru) e na Odisseia, da temática do viajante solitário, que atinge os confins da terra, muito vê e conhece, articulada com uma possibilidade, buscada ou não, de aquisição da imortalidade. Considerando-se que a viagem que produz um certo tipo de conhecimento, funcional em vista do ambiente que cerca a composição do texto e orientador da recepção da obra, é um traço presente também nas utopias, levanta se a questão da ausência quase completa, nestas últimas, da busca de uma vida isenta de morte.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.