Utopia e socialismo

Ivone Gallo

Resumo


Durante o século XIX, o conceito de utopia assumiu uma conotação negativa no sentido de sonho irrealizável, portanto sem função, desnecessário para um século dominado pela crença na solução científica dos problemas. Dentro da perspectiva de uma reflexão social, notamos a persistência desse sentido em Marx e Engels na interpretação que propuseram para o socialismo francês e inglês contemporâneos, tão combatidos por eles. Os próprios socialistas que se tornavam objeto desta crítica, entretanto, a rebatiam pela proposição de uma ciência no lugar de uma utopia que igualmente condenavam. O nosso objetivo é o de refletir sobre um conceito positivo de utopia para a análise do pensamento de Charles Fourier, que se aparte tanto dos postulados do materialismo histórico quanto daqueles da teoria do conhecimento fundados na clássica oposição entre Utopia e Ciência.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.